Garça.
Anuncie Aqui Fale Conosco Receba notícias no What’s App 14 98184-5807

Postado em 02/06/2019 às 23:49

Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH

Presidente anunciou que aumentará validade de carteira

 

O presidente Jair Bolsonaro confirmou há pouco que enviará, nos próximos dias, um projeto de lei ao Congresso para aumentar a validade da carteira nacional de habilitação (CNH) e dobrar o limite de pontos para a suspensão do documento. Na rede social Twitter, ele escreveu que apresentará a proposta ainda esta semana.
 
“Nessa semana apresentarei projeto de lei para: 1 - Passar de 5 para 10 anos a validade da Carteira de Habilitação; 2 - Passar de 20 para 40 pontos o limite para perder a CNH”, postou o presidente.
 
A postagem veio acompanhada de um vídeo em que Bolsonaro elogiou o uso do Exército na recuperação da BR-163. Ele disse que a utilização dos militares na rodovia é mais barata e fornece “mais confiança no trabalho”. Segundo o presidente, o envolvimento dos militares reduziu a pressão pela ocupação de cargos em comissão no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).
 
No mesmo vídeo, o presidente disse estar engajado em interromper a instalação de radares eletrônicos nas rodovias federais. Ele declarou que o Ministério da Infraestrutura tinha 8 mil processos para a instalação de radares que consumiriam R$ 1 bilhão em quatro anos. Bolsonaro declarou que a interrupção na instalação dos radares representará um golpe na indústria de multas. (AGÊNCIA BRASIL)

 

Receba notícias pelo WhatsApp

Quer receber notícias de graça pelo WhatsApp? 

Clique aqui e siga as instruções

 

Veja Também

Bandidos são presos pela PM após roubarem padaria em Garça
Força Tática prende acusado de tráfico de drogas em bar na Vila Araceli em Garça
Homem é detido pela PM após seguir e ameaçar mulher no Jardim Monte Verde
PM prende desocupado que furtou tanquinho em casa no bairro Labienópolis
Garça Web
Receba notícias no What’s App
14 98184-5807
Garça Web © 2017 Todos os direitos reservados | Desenvolvido por StrikeOn